Vídeo de Produto: o diferencial para o seu negócio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Você já investe em vídeo de produto para o seu negócio? Não perca mais tempo e saiba a importância que isso pode ter para alavancar os seus resultados!

O Marketing vem se expandindo cada vez mais, e a cada dia novas técnicas e estratégias estão sendo implementadas. Tudo em busca de uma forma de atrair, conquistar e reter a atenção de seus clientes e clientes em potencial. 

É por esse motivo que as empresas investem tanto no visual: identidade de marca, cores próprias e chamativas, redes sociais, banners, entre outros. E também é por isso que os investimentos em vídeo de produto estão crescendo. 

Por que investir em vídeo de produto para o meu negócio?

85% dos usuários da internet assistem vídeos online. Se pararmos para pensar que o número de usuários hoje ultrapassa os 4 bilhões em todo o mundo, podemos afirmar com certeza que esse mercado é muito grande. 

Mesmo que seja um negócio apenas brasileiro, mais de 74% da população está conectada.

E quando falamos de vídeos, estamos falando de um terço de todo o tráfego online global. 58% das pessoas assistem vídeos todos os dias, gastando em média 6 horas toda semana assistindo. 

A média de retenção de um vídeo é de 52%, sendo que as pessoas passam 3x mais tempo em uma página com vídeos e retém 95% a mais de informação do que se comparado a conteúdos de texto. 

E podemos também falar sobre as mídias sociais. No Facebook, mais de 500 milhões de pessoas assistem vídeos diariamente, o que gera 135% mais tráfego do que imagens.

Já no Instagram, 75% dos usuários tomam alguma ação depois de assistirem um vídeo da marca, 72% compram um produto depois de ver um vídeo na plataforma e 65% das impressões de anúncio vêm desse tipo de conteúdo.

Podemos também citar benefícios próprios da utilização de vídeos no marketing:

  • Páginas da web que contém vídeos são 53 vezes mais propensas a alcançar a primeira página do google;
  • 50% dos consumidores pesquisam por vídeos de produto antes de comprar;
  • Vídeo Marketing pode gerar até 66% mais leads, sendo a mesma porcentagem de leads qualificados;
  • 54% dos consumidores querem ver mais campanhas de vídeos;
  • Vídeo Marketing pode gerar até 300% a mais de tráfego;
  • Vídeos personalizados são os que têm a maior taxa de retenção;
  • 93% das empresas vão conquistar um novo cliente por meio de vídeos;
  • Empresas que usam estratégias de vídeo observam um crescimento da receita de 45%.
  • 96% dos usuários disseram ter assistido a um vídeo explicativo sobre determinado produto ou serviço;
  • 83% das empresas perceberam resultados positivos ao usar vídeos explicativos;

De maneira resumida, podemos perceber nitidamente que marcas e empresas que se utilizam de estratégias de vídeo têm um resultado mais significativo do que em relação àquelas que ainda não aderiram a essa forma de comunicação

Esses benefícios são diversos: aumentam as vendas, fidelizam os clientes, auxiliam no SEO, e muito mais!

E sim, existem tipos de vídeo para qualquer negócio ou produto. 

Tipos de vídeo de produtos

Quando falamos de vídeo de produto, podemos citar os principais tipos: os vídeos de apresentação, os tutoriais e os vídeos de venda. 

Os vídeos de venda são os famosos anúncios. Eles destacam os pontos fortes e principais tanto da marca quanto do produto, sendo geralmente mais curtos (entre 30 a 60 segundos).

Em um vídeo de apresentação, o produto ou serviço em questão será apresentado de maneira clara e simples aos seus consumidores em potencial. Nele, é importante mostrar as principais características, os benefícios trazidos, fazer comparações com produtos similares ou suas versões anteriores, resenhas, unboxing e responder as principais dúvidas. 

Por fim, um tutorial é como se fosse uma apresentação resumida do manual de instruções. Eles ensinam a como usar aquele produto ou alguma determinada função e 85% dos usuários preferem a versão em vídeo do que o livreto que vem junto.

Onde e como utilizar vídeos nas estratégias?

Facebook, Instagram e Youtube. Essas são as principais plataformas de vídeo atualmente, onde também vale mencionar o crescente Tik Tok. Cada uma delas dá destaque a determinado tipo de vídeo e possui diretrizes e resultados diferentes. 

Fundamentalmente, é preciso criar uma estratégia para a utilização dos vídeos, para então definir onde eles serão utilizados e se adequar à cada plataforma. É importante destacar também que os vídeos precisam ter clareza de informações e fatos.

Ainda, é preciso se pensar em cada detalhe, até mesmo em quem está narrando o vídeo, afinal isso é motivo para 75% dos consumidores desistirem da compra

Assim, é preciso saber onde os vídeos de produtos têm mais destaque, qual tipo de vídeo que terá uma melhor percepção pelos internautas e onde postar cada um deles.

Facebook

No Facebook, para que os vídeos de produto tenham mais sucesso, eles precisam ser postados diretamente na plataforma, ao invés de compartilhados e linkados ali. E é ideal que tenham entre 45 a 60 segundos de duração. 

Existem também outros pontos que geram mais engajamento, que são: mobile-friendly e no formato quadrado ao invés do horizontal. E um fato curioso é que a maioria dos usuários assiste vídeos sem som, o que deve ser considerado na hora de montar uma estratégia

Youtube

O Youtube é a plataforma de vídeo mais popular, com quase dois bilhões de usuários mensais, de todas as idades. Aqui, anúncios têm uma probabilidade de mais de 80% de reter atenção do que anúncios feitos na televisão. 

O foco principal dos usuários aqui é com vídeos de músicas e entretenimento, porém a plataforma tem uma grande importância para as marcas. Vídeos tutoriais estão entre as 4 categorias mais assistidas, sendo que 68% dos usuários disseram que assistir vídeos de produtos no Youtube os ajudou a tomar uma decisão de compra.

Os vídeos precisam ser, preferencialmente, no formato horizontal, com uma foto de capa chamativa e com uma descrição otimizada para SEO. A duração recomendada varia conforme o tipo de conteúdo e o público. 

E vale ressaltar que 7 a cada 10 pessoas usam a plataforma em dispositivos móveis, como tablets e principalmente smartphones, então é ideal que os conteúdos sejam adaptados a esse formato.

Instagram

O uso de vídeos no Instagram cresceu em mais de 80%. Lá, os vídeos mais assistidos são nos stories, que podem ter até 15 segundos. 

No Feed, os vídeos podem ter duração de 3 segundos a até 1 minuto, no formato quadrado e vertical. Como a plataforma é visual, a foto de capa precisa ser chamativa e similarmente ao Facebook, não conte tanto com o som.

Lembre-se: para prender a atenção, os primeiros 5 segundos são os que mais contam. 

Tik Tok

Essa plataforma ganhou destaque principalmente no último ano, e também pode ser aproveitada para criar consciência de marca e engajamento. 

O público-alvo é mais jovem e os vídeos são mais curtos, com no máximo 15 segundos de duração. Consequentemente, o conteúdo precisa ser mais dinâmico e preferencialmente divertido e descontraído. 

Um ponto positivo para as marcas, é que é possível usar a geolocalização e hashtags de maneira ainda mais efetiva do que no Instagram, para poder alcançar um público em específico.

Vamos criar uma estratégia de vídeo de produto?

No estudo citado anteriormente, 10% das empresas disseram não ter tempo e nem recurso para criarem e propagarem vídeos dentro da sua estratégia de marketing. Mas isso não precisa ser motivo para deixá-los de lado!

Conte com a ajuda de uma empresa especialista na área, que há anos ajuda seus clientes a contarem histórias que vendem por meio de vídeos e animações! Tudo de maneira personalizada para melhor atender cada mercado e cada necessidade pessoal da empresa em questão. 


Venha para a Vis Produtora e comece o quanto antes a aproveitar todos os benefícios que os conteúdos em vídeo podem te trazer!

Fale Conosco